Recomeçando a caminhar


Preciso recomeçar a minha luta e matingir os meus objetivos, fazer uma R.A. regular, anotar o que como e atividade física pra chegar lá...
Guia da caminhada

Tem gente que acredita que boa saúde e boa forma, só com horas a fio ralando na academia ou com muita simpatia e dietas mirabolantes, que nem sempre são garantia de sucesso. Mas uma atividade bem simples, que se faz quase sem perceber, pode ser o milagre que tantas procuram. E, diga-se de passagem, um milagre comprovado pela medicina: a caminhada. Essa é a forma mais fácil de colocar nosso corpo em movimento, fugindo do pior dos males: o sedentarismo. E o melhor, com custo zero.

Caminhar não significa, porém, simplesmente sair andando por aí. É preciso ter alguns cuidados básicos e a boa orientação de um médico ou de um profissional de Educação Física. Para adiantar seus passos, veja, agora, tudo o que você precisa saber antes de sair de casa.

A regra dos cinco

Horário e local - procure caminhar antes das 10 h ou depois das 16 h, para evitar os raios solares mais fortes e o calor intenso. 'Se o objetivo da prática for perda de peso, o melhor horário é o da manhã, por uma questão metabólica', revela o Dr. Marcos Brazão, coordenador da Câmara Técnica de Medicina Desportiva do Cremerj. Procure um local agradável, onde o terreno não seja muito acidentado, e prefira grama, terra ou areia batida, evitando paralelepípedos. Se estiver chovendo, pode-se optar por locais cobertos, como áreas de lazer de prédios e até mesmo as esteiras indoor. 'Os benefícios são os mesmos, entretanto, existem trabalhos científicos mostrando que caminhar ao ar livre exerce um efeito positivo sobre a depressão e ansiedade', explica o Dr. Marcos.

Alimentação - atividade física não combina com jejum. Deixe de lado a tentação de pensar que com o estômago vazio se gasta mais calorias, porque há o risco de passar mal e até desmaiar por causa da hipoglicemia, ou seja, falta de açúcar no sangue. 'O ideal é que se faça uma refeição leve (sanduíche, fruta) com um suco até duas horas antes do início da caminhada', afirma o Dr. Marcos Brazão. Após o exercício, as recomendações seguem os mesmos critérios, sendo que alimentos à base de carboidratos e proteínas são os recomendados. E, assim, como em qualquer atividade física, deve-se tomar água antes, durante e depois de praticá-la.

Para se vestir - para caminhar, a roupa deve ser bem simples, leve e confortável, de preferência, de cores claras. Dispense as roupas sintéticas, porque o seu organismo precisa transpirar! Além disso, não vista as que prendem o seu movimento. Quanto aos pés, o calçado é muito importante. Você sabia que, numa caminhada bem ritmada, se dá cerca de 120 passos em um minuto? Imagine se os sapatos não forem confortáveis! O ideal é usar tênis com sistema de amortecimento e meias, para evitar bolhas.

Na bolsa - leve uma garrafinha com água e beba pequenos goles durante o percurso, porque o organismo precisa se manter hidratado. Leve, também, um boné, óculos escuros e protetor solar para se proteger do sol. Os especialistas recomendam, ainda, a utilização de um freqüencímetro para monitorar os batimentos cardíacos. E não se esqueça do relógio para marcar o seu tempo de caminhada!

Alongando - antes e após a atividade, é interessante alongar os músculos dos braços, do tronco, das pernas e dos pés. Marcello Barbosa, personnal trainer das atrizes Ana Furtado e Juliana Silveira, afirma que o alongamento, em si, não previne lesões, mas o aumento da temperatura corporal antes de uma atividade mais vigorosa, sim. Com isso, tem-se menos chances de câimbra e de noites mal dormidas por causa de dores musculares. Feito o aquecimento, você está prontinha para dar a largada!

http://www.bemleve.com.br/mostra_artigo_rewrite.php?id_artigo=1370

0 comentários:

Páginas

Recomeçando a caminhar


Preciso recomeçar a minha luta e matingir os meus objetivos, fazer uma R.A. regular, anotar o que como e atividade física pra chegar lá...
Guia da caminhada

Tem gente que acredita que boa saúde e boa forma, só com horas a fio ralando na academia ou com muita simpatia e dietas mirabolantes, que nem sempre são garantia de sucesso. Mas uma atividade bem simples, que se faz quase sem perceber, pode ser o milagre que tantas procuram. E, diga-se de passagem, um milagre comprovado pela medicina: a caminhada. Essa é a forma mais fácil de colocar nosso corpo em movimento, fugindo do pior dos males: o sedentarismo. E o melhor, com custo zero.

Caminhar não significa, porém, simplesmente sair andando por aí. É preciso ter alguns cuidados básicos e a boa orientação de um médico ou de um profissional de Educação Física. Para adiantar seus passos, veja, agora, tudo o que você precisa saber antes de sair de casa.

A regra dos cinco

Horário e local - procure caminhar antes das 10 h ou depois das 16 h, para evitar os raios solares mais fortes e o calor intenso. 'Se o objetivo da prática for perda de peso, o melhor horário é o da manhã, por uma questão metabólica', revela o Dr. Marcos Brazão, coordenador da Câmara Técnica de Medicina Desportiva do Cremerj. Procure um local agradável, onde o terreno não seja muito acidentado, e prefira grama, terra ou areia batida, evitando paralelepípedos. Se estiver chovendo, pode-se optar por locais cobertos, como áreas de lazer de prédios e até mesmo as esteiras indoor. 'Os benefícios são os mesmos, entretanto, existem trabalhos científicos mostrando que caminhar ao ar livre exerce um efeito positivo sobre a depressão e ansiedade', explica o Dr. Marcos.

Alimentação - atividade física não combina com jejum. Deixe de lado a tentação de pensar que com o estômago vazio se gasta mais calorias, porque há o risco de passar mal e até desmaiar por causa da hipoglicemia, ou seja, falta de açúcar no sangue. 'O ideal é que se faça uma refeição leve (sanduíche, fruta) com um suco até duas horas antes do início da caminhada', afirma o Dr. Marcos Brazão. Após o exercício, as recomendações seguem os mesmos critérios, sendo que alimentos à base de carboidratos e proteínas são os recomendados. E, assim, como em qualquer atividade física, deve-se tomar água antes, durante e depois de praticá-la.

Para se vestir - para caminhar, a roupa deve ser bem simples, leve e confortável, de preferência, de cores claras. Dispense as roupas sintéticas, porque o seu organismo precisa transpirar! Além disso, não vista as que prendem o seu movimento. Quanto aos pés, o calçado é muito importante. Você sabia que, numa caminhada bem ritmada, se dá cerca de 120 passos em um minuto? Imagine se os sapatos não forem confortáveis! O ideal é usar tênis com sistema de amortecimento e meias, para evitar bolhas.

Na bolsa - leve uma garrafinha com água e beba pequenos goles durante o percurso, porque o organismo precisa se manter hidratado. Leve, também, um boné, óculos escuros e protetor solar para se proteger do sol. Os especialistas recomendam, ainda, a utilização de um freqüencímetro para monitorar os batimentos cardíacos. E não se esqueça do relógio para marcar o seu tempo de caminhada!

Alongando - antes e após a atividade, é interessante alongar os músculos dos braços, do tronco, das pernas e dos pés. Marcello Barbosa, personnal trainer das atrizes Ana Furtado e Juliana Silveira, afirma que o alongamento, em si, não previne lesões, mas o aumento da temperatura corporal antes de uma atividade mais vigorosa, sim. Com isso, tem-se menos chances de câimbra e de noites mal dormidas por causa de dores musculares. Feito o aquecimento, você está prontinha para dar a largada!

http://www.bemleve.com.br/mostra_artigo_rewrite.php?id_artigo=1370

0 comentários:

Minha foto
Vania
“…Aos olhos do Pai, eu sou uma obra-prima que Ele planejou e com suas próprias mãos pintou…A cor da minha pele, os meus cabelos desenhou,cada detalhe um toque de amor…Nunca deixo alguém dizer que não sou querida, antes de eu nascer, Deus sonhou comigo…” Minha versão. (Ana Paula Valadão) Sou uma pessoa muito feliz, e muito amada pelo meu Deus, pelo meu marido, minha família e meus amigos.
Visualizar meu perfil completo